5 dicas para comunicar de forma autêntica

Comunicar com Oxigénio

Já todos ouvimos dizer que a comunicação é chave para relações de sucesso. Percebemos que para todo tipo de relações (pessoais ou profissionais) necessitamos de saber comunicar de forma eficaz para gerarmos ao nosso redor bem-estar, clareza e satisfação.  Mas ainda assim porque será que continuamos a ter tantas dificuldades nos nossos diálogos? Porque continuam a existir tantos conflitos e problemas de comunicação? Gostava de partilhar algumas aspetos que considero fundamentais para usar uma comunicacão autêntica com todos os que nos rodeiam.

1. Tenha uma mente aberta

Seja um ouvinte com mente aberta, tente não manipular a conversa e não tente adivinhar o resultado. A maior parte das vezes não sabemos o que a outra pessoa está a pensar ou a sentir. Esta tendência não passa de uma forma de controlo inconsciente. Largue essa tendência e foque toda a sua atenção no outro. Pare e oiça!

2. Pare e respire

Podemos pensar inicialmente que a respiração não é importante para o processo de comunicação mas eu defendo que respiração consciente é a chave para uma comunicação satisfatória (e não só). O desafio que proponho é que preste atenção à sua respiração para conseguir estar mais consciente de si e do outro. O que ganha com isso? Ficará mais preparado para estar atento às suas reações emocionais e sentimentos. Não parar e respirar (pausar) é um grande bloqueador da comunicação. Pare, respire e comunique melhor.

3. Oiça e calçe os sapatos do outro

Ouvir de forma atenta é compreender o que nos dizem na perspetiva do outro. É também perceber a sua linguagem corporal e sentir as coisas como se fossemos o outro. Temos muitas vezes a tendência de ter simpatia mas o exercício que temos de aprender a fazer é mesmo ter a capacidade de calçar os sapatos do outro para o tentar compreender a outra parte o melhor possível. Pratique a empatia.

4. Conecte com necessidades

Durante uma conversa seja com o seu companheiro, amigo ou filho, foque-se primeiro na necessidade do outro. Após este passo partilhe também as suas necessidades. Lembre-se que as necessidades embora distintas são universais e nunca podem ser postas em causa, portanto nunca estão em conflito.

5. Esteja presente no agora

Todos já tivemos a experiência de estar a falar com alguém e sentir que essa pessoa não está mentalmente presente. Treine estar realmente presente quando comunica com os outros. Fará certamente toda a diferença na qualidade das tuas interações.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s